Pesquisar neste blog e nos da lista

segunda-feira, janeiro 04, 2010

Culto à personalidade

 Atualizados recentemente1

Diz a Wikipédia: é uma estratégia de propaganda política baseada na exaltação das virtudes - reais e/ou supostas - do governante, bem como da divulgação positivista de sua figura. Cultos de personalidade são freqüentemente encontrados em ditaduras, embora também existam em democracias. O termo culto à personalidade foi utilizado pela primeira vez por Nikita Khruschov no "Discurso secreto" para denunciar Josef Stalin. Khrushchov citou uma carta de Karl MArx, que critica o "culto do indivíduo". Um culto da personalidade é semelhante ao apoteose, exceto que ele é criado especificamente para os líderes políticos.

Numa pequena reforma política e durante as discussões da Lei de Responsabilidade Fiscal, no Brasil passou a ser proibida a divulgação dos nomes dos governantes em obras públicas, em fachadas de prédios públicos, em timbres de documentos oficiais, enfim, tentou-se diferenciar a coisa pública das propriedades privadas. Aspirava-se, com isso, desassociar as obras dos administradores que as realizavam.

Não era raro ouvir o cidadão referir-se à escola do prefeito beltrano, a avenida do deputado fulano de tal, o estádio do governador “raimundinho” e por aí a fora. Ainda persiste o hábito, embora em menor volume. Resquícios do país que acostumou seus cidadãos a viverem comodamente silencioso e à sombra do Estado e dos pseudo-estadistas.

Tudo ia bem, até a administração atual se instaurar.

Com marqueteiros e jornalistas à mancheia em sua folha de pagamento, seja dentro do país, seja nos escritórios montados na Europa, à bagatela de R$ 750 mil mensais, o governo federal não perde a oportunidade de ligar qualquer realização pública federal à imagem do beócio presidente, ou presidente beócio, como preferir, dá na mesma. Até mesmo aqueles projetos que fizeram água ou nasceram mortos, como o Fome Zero, tinha a barba da Anta Bípede estampada no fundo dos pratos vazios.

Os sectários seguidores do líder (não direi nosso líder porque me recuso a ser liderado por ele e porque ele governa para os seus, não para o país), qunado não têm argumentos para defenderem a administração e suas realizações ou como negar as denúncias de incompetência, desmandos, viés ditatorial, corrupção ativa, passiva ou de alguma nova modalidade que seu grupo é capaz de criar, desconversa e cita a personalidade do chefe.

Como cortina de fumaça para as besteiras da gang, exaltam-se as qualidades do capo. Assim agiram os aseclas de Lênin, de Stálin, de Mao Tsé-Tung, de Papa Doc, de Hitler, do Padre Cícero, de Peron, de Idi Amin… Os déspotas, ditadores, caudilhos, assasinos oficiais, desde os tempos imemoriais, tiveram sua imagem mais divulgada e até divinizada do que os roubos, a incompetência, as mortes que provocavam.

O Brasil passa por isso. Lula não é um assassino, lógico, mas a corrupção lhe impregna as vestes. Impossível se justificar, por exemplo, a fortuna amealhada em 20 anos se nesse período ele jamais trabalhou oficialmente. Como presidente de sindicato ou deputado federal, os únicos expedientes que deu, não seria fazer fortuna limpamente. Mas ele o fez. E a qualquer ameaça de se cavucar sua vida, de verdade e não nessa brincadeirinha milionária de sua pseudo biografia filmada pelo Barreto, a claque faz barulho, alega discriminação pelo homem de infância pobre (os mais tolos alegam sua pobreza atual), pregam a ira contra os que criticam sua pouca escolaridade, colam em nós, opositores, a pecha de preconceituosos, elite branca ( sendo elite, em qualquer lugar do mundo aquele que detém o poder, e um crioulo como eu só não se ofende em ser chamado de branco porque esse negócio de cor de pele é uma das maiores imbecilidades humanas).

O governo pode até ter opositores, isso a base assalariada admite, mas seu líder é intocável. Criticar o presidente é motivo para a execração pública daquele que ousa levantar argumentos contra o quase divino dirigente sindicalista, antes do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo, hoje do Sindicato de Ladrões de Brasília, São Bernardo e alhures.

Para os seguidores do divino líder, o governo e Lula não têm oposição, mas golpistas. Opositores não são apenas seguidores de outras ideologias e ideais, são golpistas. É um caminho perigosíssimo.

São muitos os exemplos de líderes ao redor do globo e no decorrer da história que, em sua vaidade suprema, preocupavam-se mais em endeusarem suas imagens do que dirigirem com competência e responsabilidade. Em todos os casos, de Átila, o huno, a Saddam Hussein, nós sabemos bem como a história acabou.

 

©Marcos Pontes

6 comentários:

Bea - Compulsão Diária disse...

Muito bem, Marcos.
Esse forte personalismo que marca a nossa política permite desmandos: troca de partidos, corrupção e impunidade. Demonstra a fraqueza dos partidos e tb a falta de educação política. mostra o desequilíbrio do poder, a falta de sua circulação. O poder fica nas mãos de alguns durante décadas. E assim não nos libertamos .
Vejo que a única forma de irmos contra isso é através de uma mídia alternativa como são os blogs.
Uma lástima que apenas um número pequeno de leitores acompanhe e opine.
Aqui no nordeste a coisa então fica pior. Lula, o filho do Brasil, é uma espécie de herói-padinho cícero.
é terrível.
Parabéns por este post e que em 2010 você nos ajude a pensar como sempre faz.
um beijão

Atualizações via email disse...

DENÚNCIA: SÍTIO CALDEIRÃO, O ARAGUAIA DO CEARÁ – UMA HISTÓRIA QUE NINGUÉM CONHECE PORQUE JAMAIS FOI CONTADA...




"As Vítimas do Massacre do Sítio Caldeirão
têm direito inalienável à Verdade, Memória,
História e Justiça!" Otoniel Ajala Dourado




O MASSACRE APAGADO DOS LIVROS DE HISTÓRIA


No município de CRATO, interior do CEARÁ, BRASIL, houve um crime idêntico ao do “Araguaia”, foi o MASSACRE praticado por forças do Exército e da Polícia Militar do Ceará no ano de 1937, contra a comunidade de camponeses católicos do Sítio da Santa Cruz do Deserto ou Sítio Caldeirão, que tinha como líder religioso o beato "JOSÉ LOURENÇO", paraibano de Pilões de Dentro, seguidor do padre Cícero Romão Batista, encarados como “socialistas perigosos”.



O CRIME DE LESA HUMANIDADE


O crime iniciou-se com um bombardeio aéreo, e depois, no solo, os militares usando armas diversas, como fuzis, revólveres, pistolas, facas e facões, assassinaram mulheres, crianças, adolescentes, idosos, doentes e todo o ser vivo que estivesse ao alcance de suas armas, agindo como se fossem juízes e algozes.



A AÇÃO CIVIL PÚBLICA AJUIZADA PELA SOS DIREITOS HUMANOS


Como o crime praticado pelo Exército e pela Polícia Militar do Ceará foi de LESA HUMANIDADE / GENOCÍDIO / CRIME CONTRA A HUMANIDADE é considerado IMPRESCRITÍVEL pela legislação brasileira bem como pelos Acordos e Convenções internacionais, e por isso a SOS - DIREITOS HUMANOS, ONG com sede em Fortaleza - Ceará, ajuizou no ano de 2008 uma Ação Civil Pública na Justiça Federal contra a União Federal e o Estado do Ceará, requerendo que: a) seja informada a localização da COVA COLETIVA, b) sejam os restos mortais exumados e identificados através de DNA e enterrados com dignidade, c) os documentos do massacre sejam liberados para o público e o crime seja incluído nos livros de história, d) os descendentes das vítimas e sobreviventes sejam indenizados no valor de R$500 mil reais, e) outros pedidos



A EXTINÇÃO SEM JULGAMENTO DE MÉRITO DA AÇÃO


A Ação Civil Pública inicialmente foi distribuída para o MM. Juiz substituto da 1ª Vara Federal em Fortaleza/CE e depois, redistribuída para a 16ª Vara Federal na cidade de Juazeiro do Norte/CE, e lá chegando, foi extinta sem julgamento do mérito em 16.09.2009.



AS RAZÕES DO RECURSO DA SOS DIREITOS HUMANOS PERANTE O TRF5


A SOS DIREITOS HUMANOS apelou para o Tribunal Regional da 5ª Região em Recife, com os seguintes argumentos: a) não há prescrição porque o massacre do Sítio Caldeirão, é um crime de LESA HUMANIDADE, b) os restos das vítimas do Sítio Caldeirão não desapareceram da Chapada do Araripe a exemplo da família do Czar Romanov, que foi morta no ano de 1918 e encontrada nos anos de 1991 e 2007;



A SOS DIREITOS HUMANOS DENUNCIA O BRASIL PERANTE A OEA


A SOS DIREITOS HUMANOS, a exemplo dos familiares das vítimas da GUERRILHA DO ARAGUAIA, denunciou no ano de 2009, o governo brasileiro na Organização dos Estados Americanos – OEA, pelo desaparecimento forçado de 1000 pessoas do Sítio Caldeirão.


QUEM PODE ENCONTRAR A COVA COLETIVA


A “URCA” e a “UFC” com seu RADAR DE PENETRAÇÃO NO SOLO (GPR) podem encontrar a cova coletiva, e por que não a procuram? Serão os fósseis de peixes procurados na Chapada do Araripe mais importantes que os restos mortais das vítimas do SÍTIO CALDEIRÃO?



COMISSÃO DA VERDADE ATRAVÉS DO PROJETO CORRENTE DO BEM


A SOS DIREITOS HUMANOS solicita apoio técnico para encontrar a COVA COLETIVA, também que o internauta divulgue esta notícia em seu blog, e o envie para seu representante na Câmara municipal, Assembléia Legislativa, Câmara e Senado Federal, solicitando um pronunciamento exigindo do Governo Federal que informe a localização da COVA COLETIVA das vítimas do Sítio Caldeirão.



Paz e Solidariedade,



Dr. OTONIEL AJALA DOURADO
OAB/CE 9288 – 55 85 8613.1197
Presidente da SOS - DIREITOS HUMANOS
Membro da CDAA da OAB/CE
www.sosdireitoshumanos.org.br
sosdireitoshumanos@ig.com.br

Anônimo disse...

TÁ FICANDO DIFÍCIL PARA VCS DO PIG&CIA
É SÓ O COMEÇO.....

Canal árabe transmite especial com elogios a Lula
http://www.youtube.com/watch?v=3NDW43Nu_WA
.TV árabe Al-Jazira chegou a dizem que daqui a cinco anos ele deve retornar à presidência
A rede de TV árabe Al-Jazira, em seu canal em inglês, exibiu uma reportagem especial com uma série de elogios ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegando a dizer que, daqui a cinco anos, ele deve retornar à presidência para um terceiro mandato. Começando com cenas do filme sobre a vida do líder brasileiro, a repórter afirma que, "com apenas um ano de mandato pela frente, sua história de sucesso político e econômico será difícil de se repetir".
Segundo a reportagem, problemas como a corrupção, a miséria e a criminalidade urbana continuam graves, mas, "pela primeira vez em 500 anos, o crescimento econômico ocorre ao mesmo tempo em que se reduz a desigualdade social". A jornalista diz que o Brasil tende a crescer nos próximos anos e a Petrobras pode se tornar "a maior do mundo" no setor energético.
Para a Al-Jazira, "Lula se tornou um porta-voz do Terceiro Mundo, na promoção da democracia, na discussão de mudanças climáticas e das reformas na ONU e no FMI". Principal canal de notícias do Oriente Médio, a Al-Jazira lançou há alguns anos o seu canal em inglês. O canal é exibido em diversos países do mundo e sua audiência é composta especialmente por expatriados residentes no mundo árabe.

VCS VÃO APANHAR GOSTOSO....

Bea - Compulsão Diária disse...

Ai que meda! Al Jazeera elogiar o Lula não é vantagem. Eles manipulam a mídia do Oriente terrorista. São todos farinha do mesmo saco.
Quem vai apanhar são "liberalóides" qdo essa m...explodir em mais um ato de terrorismo.
Dão mole nos USA. Já se tocaram que aliviaram por pura demagogia do pateta Obama.
Quero ver agora qdo Lula voltar das férias (depois de largar a geladeira de isopor) enfrentar os militares com essa palhaçada de comissão da verdade.
Que nos batam;))

audria disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

eu gosto do lula como presidente para foi o melhor , e o resto eé resto beijos