Pesquisar neste blog e nos da lista

sexta-feira, outubro 22, 2010

Mentiroso e belicoso

Belicoso

Hoje minha empregada chegou toda animadinha. Ouvinte assídua de rádio e amiga conversadeira da vizinhança em que vive num bairro do subúrbio, me comentava efusiva que na “radia” e no bairro todo mundo falava mal do Lula. Segundo ela, um dos comentários ouvidos foi “como é que pode, um homem velho daquele, com a barba já ruça, mentir tão descaradamente?”.

Confesso que a mentira do presidente dos petistas não me surpreendeu. Desde seus tempos de torneiro mecânico, antes mesmo de tornar-se presidente do sindicato dos metalúrgicos, promovia seu umbigo e desfilava sua arrogância às custas de falácias. O próprio dedo cortado há quem desconfie que seja uma peça pregada na Previdência Social.

Parênteses. O que impede um metalúrgico de trabalhar numa das muitas funções da indústria a falta do dedo mínimo? Se ele tivesse direito a uma indenização pecuniária, que a recebesse, mas aposentadoria? É escárnio com quem trabalha todos os dias, até mesmo em cadeira de rodas, cego ou maneta. Fecha parênteses.

Quem assistiu este senhor manifestar-se em cinco campanhas presidenciais nem precisa conhecer sua vidinha boçal de sindicalista ou apagada de deputado federal constituinte para relembrar suas cascatas.

Mas, vamos lá, esqueçamos esses períodos e nos fixemos nesses oito anos sob sua pseudopresidência (os presidentes de fato são um colegiado nazipetista por demais conhecido por quem lê jornais e tem discernimento).

Cadê os 4% do PIB prometidos para a Ciência e Tecnologia? Cadê o computador por aluno de escola pública ou, menos, o lap top por professor? Cadê o Fome Zero natimorto? Cadê a reconstrução do Haiti? Cadê a Saúde perfeita? Cadê o “quem apostar contra Palocci, vai perder” (se bem que perdemos todos mesmo com a saída do superministro)?

Confesso, minha memória é curta para lembrar todas as mentiras.

O que me causa temor real, séria preocupação com o futuro que se desenha agora que este senhor pode tirar sua máscara de paz e amor e revestir a verdadeira ele de déspota comunista, é o fato de tratar um candidato à presidência como eu trataria um marginal que me batesse a carteira. Preocupante é seu espírito beligerante que insufla seus partidários ou, como eles gostam de autodenominar-se, militantes a agirem fisicamente com a mesma truculência com que ele age verbalmente.

Me assusta o fato de ele recitar o currículo do médico que atendeu ao candidato tucano como que se o fato dele ter trabalhado sob a administração de César Maia fizesse dele, automaticamente, um farsante. Bem ao feitio dos muito negados dossiês que, volta e meia, acusam os petistas de preparar contra alguém (já foram vítimas Dona Ruth Cardoso, FHC, Eduardo Jorge, Mendonça de Barros, Verônica Serra e tanta gente mais), Lula usa de seus espias para debulhar a vida do doutor Jacob Kligerman em público e desmerecer um oncologista renomado pela sua ânsia de vencer uma eleição.

Um estadista, antes de tudo, é aquele que sabe de suas responsabilidades como representante de todo um país, não apenas da parte dos cidadãos que votaram nele e, na condição de maior juiz do país, cabe a ele a agregação do seu povo em busca o melhor projeto político-econômico-social para todos.

Com sua postura de brucutu, Lula, no apagar das luzes de seus mandatos, dá mais uma demonstração de que é o mais despreparado presidente que a República já teve nas últimas décadas. Na sua carona, o presidente do seu partido, sua candidata e os maiorais do partido que repetem como papagaios sua argumentação rasa para justificarem a agressão de algum petista mais aloprado que a média, confirma o PT como o partido ideal para Lula.

©Marcos Pontes

12 comentários:

Bluesette disse...

Amigo, estou tão enojada com o descalabro que rola que não consigo nem escrever. Vim lhe dar parabéns pelo texto e pelo ânimo.

CHUMBOGROSSO disse...

Amigo, só posso acrescentar um PARABÉNS. Vc é sempre lúcido e pontual.
Infelizmente, o uso da inteligência CORRE SÉRIOS RISCOS no Brasil.
Gerson "promulgou" a lei. LULLA regulamentou....

Arthurius Maximus disse...

Clap!Clap!Clap! Simplesmente perfeito. O mais triste é perceber que inúmeros idiotas o apoiam e fazem troça do ocorrido. Sem saber que isso é apenas o prenúncio do que pode estar por vir. Num país de intolerantes, ninguém está seguro. Muito menos os que apoiam o regime. Basta ver os exemplos dos expurgos de Stálin, Mao, Hitler, Chávez e tantos outros.

A única felicidade é que, normalmente, as primeiras vítimas dessa truculência são eles mesmos.

Horacio Camilo Banchero disse...

Meu Rei brilhante como sempre desmontou mais uma vez esta farsa que nos aflige há 8 anos
abraços e parabéns

Ronaldo Marques disse...

Boa! continue firme!

domaugostodamateria disse...

Falam tanto em debater propostas, mas como? Nem o site da Dilma diz quais são suas propostas. Não tem nada lá, por incrível que pareça. Nada que seja uma proposta oficial, nada de nada.

sergiovaz50 disse...

Parabéns pelo bom texto, pela indignação que demonstra diante do descalabro a que Lula e seus seguidores levam o país.
Só não concordo quando você diz que Lula assume postura de comunista. Ele não é comunista, nunca foi: é caudilho que usa o poder para obter privilégios para ele e para a cambada dele.
Um abraço.
Sérgio Vaz

Moisés disse...

Coloca os botões do Google para poder mandar tuas postagens direto para o Twitter. Se precisares de ajuda... estamos aí.
Abraços!

Sérgio Freitas disse...

Caro amigo M. Pontes:
Você é declaradamente a favor da campanha de Serra. Por isso, é aceitável que defenda um dos lados. Pena que certa parte da imprensa, que vende uma imagem de neutralidade, não aja assim.
Contudo, não posso deixar de comentar que o seu texto ataca Lula pessoalmente, citando características físicas, adquiridas ou não, e o acusa de mentiroso e belicoso. Bem, nosso presidente considerado ótimo por mais de 70% da população não é santo e tão pouco “paz e amor”, mas é nítido, como em outros textos e posts seus, o desequilíbrio na análise. O PSDB tanto quanto o PT baixaram o nível da campanha ao subsolo. Os dois fizeram isso.
A questão do aborto, tão relevante quando se considera a quantidade de óbitos por ano, foi destorcida e prejudicada simplesmente porque um candidato acreditou que ganharia votos e o outro acreditou que perderia votos. E o interesse público?
Por fim, Serra não teve a coragem de vir a público e negar o aborto, valeu-se da direção da campanha, e no caso da bolinha, fita crepe, seja lá o que for, também não veio a público afirmar que foi atingido, valeu-se do jornal nacional, de credibilidade duvidosa. De qualquer forma tentar nos fazer a creditar que não ouve uma tentativa de criar um factóide, que o nosso amigo Tom-brasil chegou a chamar de atentado, no twitter, é debochar da nossa inteligência.
Todos estão mentido, todos, meu caro. Parece até um campeonato para vermos quem mente mais e melhor.
Lamento muito toda essa situação desta eleição. Nenhum dos candidatos merece ganhar. É um cardápio indigesto que nos foi servido. Ou seja, democracia é isso, tá aí a lista e nós temos que votar em um deles.

Maria Amora disse...

Excelente artigo! Parabéns. Estamos assistindo a degradação da nação. Acredito firmemente que a Coisa irá embora com seu criador.
O bem vencerá!

Bira Olivério disse...

O Lula atacou o médico porque no mundo dele as pessoas assumem cargos na administração pública somente por conveniência política, nunca por mérito.

Luiz Caruso Junior disse...

Caro amigo,até entendo sua revolta contra o mentiroso mas, não podemos esquecer que a mentira ,o engôdo, as artimanhas ardis, estão encravados nas entranhas da vida pública brasileira desde Pedro Alvares Cabral.Quem já pesquisou a hostória do Brasil fica decepcionado. Há um aperfeiçoamento contínuo das formas de corrupção, de roubo do dinheiro público, das formas de enganar o povo e tomar o poder.Também procuro a lanterna de Diógenes. Alimento todos os dias a esperança de encontrar ainda em vida alguém na política que mereça ser chamado de Homem.