Pesquisar neste blog e nos da lista

segunda-feira, outubro 11, 2010

Primeiro round

debate

 

E a Marina esfrega as mãos...

O Brasil viu a nova, ou melhor, a verdadeira face de Dilma no debate de ontem. Cansada de tentar ser a Dilminha Paz e Amor, à imagem e semelhança de seu tutor, resolveu passar ao ataque, mas, como disse o Augusto Nunes, em seu blog na Veja, “partir para o ataque não é para principiantes”, o que, em outras palavras, quer dizer, bateu por bater, sem preparo, irascível e se perdeu.

A imprensa internacional, como jornais da Espanha, Portugal, Argentina, Venezuela e EE.UU, os que tive a oportunidade de ler logo após o encerramento do debate, também notaram a nova postura da candidata petista.

Coincidência ou não, justamente dois dias depois de ser anunciado o boquirroto Ciro Gomes como um dos coordenadores de sua campanha, Dilma começou atacando a mulher do Serra por esta ter-lhe criticado as duas caras em se tratando de aborto. Usando do jogo de palavras típico de quem não tem argumento, ela chamou Serra de mil caras. Aí também se perdeu.

Serra apenas regulamentou, quando ministro da saúde, o aborto para mães que corriam risco de morte com a gravidez que se desenvolvia, regulamentação essa depois de discutido e aprovado no Congresso. A postura dele, um homem com aços estreitos com a Igreja Católica, como todo com convivente com os italianos da Mooca, Serra não contrariou sua postura de antiabortista, mas mostrou-se um democrata que assimila a vontade da maioria.

Acusando a oposição, a começar pelo candidato a vice, Índio da Costa, de lançar boatos contra ela, Dilma foi quem puxou o assunto, mas foi desmascarada pelo adversário que falou que os vídeos da sabatina da Folha em que ela deixa bem claro sua posição a favor do aborto.

Embora o aborto seja questão complexa, que mesmo em países onde a prática é legal há uma cisão entre os cidadãos, até mesmo com atentados contra clínicas, em se tratando de plataforma eleitoral não passa de tema secundário. Um presidente sozinho não decide sobre a questão. A celeuma toda em torno do tema deu-se mais pela mudança eleitoreira da postura da candidata, que agora diz-se contra e usa isso como mote de campanha.

Serra, excessivamente cavalheiro no trato com a adversária, perdeu boas chances de desmascará-la em outras mentiras, como a reforma dos aeroportos, que começaram no governo FHC, mas que contaram com vários apagões aéreos durante o governo Lula.

Sou testemunha de que as reformas aeroportuárias começaram antes do governo Lula. Pelo menos três aeroportos pelos quais passei foram reformados e/ou ampliados no mandato anterior: Porto Seguro, Fortaleza e Belém, sem contar com Salvador, que até teve o nome trocado de 2 de Julho para Luís Eduardo Magalhães.

Outro tema pouco explorado por Serra foi a mentira da capitalização da Petrobrás, que passou uma semana de desvalorização depois de passado o efeito da injeção de dinheiro público em algo que sequer se sabe se dará certo, o pré-sal. Mas, na insistência da petista na questão das privatizações, ele foi assertivo, embora raso, talvez devido ao pouco tempo para explorar o tema. O fato é que o Brasil se comunica com muito mais facilidade e mais barato do que na era pré-FHC em que telefone era para ricos e sortudos, dada a pequena oferta de linhas, principalmente as residenciais.

Em muito eles são iguais, como na sua origem esquerdista, mas, enquanto a Dilma fazia oposição armada À ditadura, ações que se tornaram inócuas no restabelecimento da democracia, Serra fazia parte dos que usavam o cérebro antes de usarem as armas, como Ulysses Guimarães, Tancredo Neves, Teotônio Vilela, Paulo Brossard e tantos outros grandes nomes que a história teima em esquecer, mas que foram preponderantes no restabelecimento dos direitos civis que ora o PT e seus aliados tentam derrubar por terra com o PNDH-3.

A agressividade de Dilma serviu apenas para dar palavras de ordem para seus seguidores pouco analíticos, mas, eleitoralmente, a empurrou um ouço mais para o fundo do poço que ela, Ciro, Vaccareza e Lula estão cavando para enterrá-la.

O PT já anunciou que ela não participará dos próximos debates, sendo 6 os agendados. Talvez considerem os 7 pontos percentuais de vantagem que o Datafolha lhe imputa como irreversíveis e a eleição garantida. Contar com o ovo nas entranhas da galinha pode ser apenas mais um erro da coordenação de sua campanha, mas um erro fatal. Resta à oposição explorar bem sua ausência.

Esperemos enquanto trabalhamos.

 

©Marcos Pontes

13 comentários:

São Pedro Tur disse...

Não gostei da agressividade da Dilma no debate da Band ontem.
Mostrou quem é !
Pena que a maioria dos brasileiros não assistiram.

Anônimo disse...

Ontem ficou claro porque no 1º turno o Serra preferiu ignorá-la nos debates , o formato sempre privilegia quem responde , e deixa questões no ar que para serem respondidas ocupariam todo o tempo da pergunta a ser feita no próximo bloco.

Anônimo disse...

Não fiquei surpresa com o tom agressivo da Dilma no debate, risinhos forçados é que não combinam nada com ela. Rosnou mto e se perdeu. Serra falava de um assunto e ela respondia com outro, que nada tinha a ver... Dilma não merece todo o cavalheirismo de Serra, ela não deve estar acostumada com gentileza. Trabalhando direitinho, chegaremos à vitória! Abraços!!!! Nadiavida

Beatriz disse...

Dilma é rebotalho do rebotalho do PT. Ela é a candidata ventríLOCA (ventríluqua) que metralha a esmo palavras de ordem a esmo.
é só o que restou nos PT depois da expulsão, saídas voluntárias..sobrou nesse partidinho fascista, os militantes mais mesquinhos que "cumprem ordens" como qualquer soldadinho nazista do 3º Reich.
são abjetos. Falam as mesmas coisas há décadas. Dilma, no debate, parecia uma paspalha em plena assembléia da usp nos anos 70. só faltaram o poncho e a conga.

Beatriz disse...

Dilma é rebotalho do rebotalho do PT. Ela é a candidata ventríLOCA (ventríluqua) que metralha a esmo palavras de ordem a esmo.
é só o que restou nos PT depois da expulsão, saídas voluntárias..sobrou nesse partidinho fascista, os militantes mais mesquinhos que "cumprem ordens" como qualquer soldadinho nazista do 3º Reich.
são abjetos. Falam as mesmas coisas há décadas. Dilma, no debate, parecia uma paspalha em plena assembléia da usp nos anos 70. só faltaram o poncho e a conga.

NeuralStorm disse...

O programa da BAND ontem tem 2 momentos.
O deBATE do Serra e o deAPANHA de BANDilma.
Isso me deixou preocupado pois Serra pode ser enquadrado na LEI MARIA DA PENHA.

BANDilma, BANDilma...
A MTA conseguiu ser os AVIOES do seu 11 de Setembro.
Quem foi o BIN LADEN?
ERENIC6% e sua prole!

Vanessa disse...

É muito triste imaginar que a primeira mulher presidente do Brasil seja alguém tão despreparada como Dilma. Tão triste como ver a quantas anda o fervor como uma turma tão conservadora, atrasada e hipócrita quanto a do PSDB e seus coligados. Se José Serra fosse essa beleza toda que seu artigo conta, teria trucidado Dilma no debate. Brizola, Lula, FHC e até Collor e Aécio bateriam nela com facilidade. Mas José Serra, coitado é tão insignificante, tão sem graça e sem convicção. O debate foi muito triste, e retrata um Brasil inflamado com um debate de torcida de futebol, onde todo mundo quer ser técnico. Queimemos as mulheres que fazem aborto , nós os que nunca pecamos e somos tão tão católicos nos confessando com padres pedófilos todos os domingos. E esqueçamos que a eleição não é para coroinha nem para administrador de hospital. Coitadinho do Brasil.

Deixo meu abraço e seja o que Deus, este que vem sendo tão chamado a participar da eleição, seja o que Ele quiser.

Decubito disse...

Bom dia meu caro,

A despeito de acharem que os debates trazem pouca repercussão, considero que ele estabelece tendências.

A mim ficou claro, a despeito de minha falta de isenção, que Serra saiu-se melhor e conferiu o tom de otimismo a sua campanha.

De outro lado, Dilma evidenciou o desânimo de sua campanha e a tentativa de revertê-lo com uso da agressividade.

Quanto ao apoio formal da Marina considero que os seus eleitores já fizeram sua escolha.

Agora é Serra presidente

Grande abraço do amigo

Decúbito

ricardo montalvao melo disse...

caro amigo,
Não existem surpresa nas atitudes de gente como essa Dilma. Aloprada, mentirosa e covarde. O termo covarde é bem posto, vejamos: desvio de dinheiro público via amigas de guerrilha, mentir ao congresso brasileiro e outras facetas. você foi feliz com essa abordagem ao mostrar de forma clara quem é essa meliante que se diz brasileira.
abraços,

Olho aberto parana disse...

coloque nosso blog nos seus favoritos tbm, http://www.olhoabertopr.blogspot.com/

abs

Anônimo disse...

Pe. Paulo Ricardo de Azevedo Júnior

Em defesa da Vida

Pe. Paulo Ricardo convoca todos os cristãos e homens de boa vontade a lutar pela vida. Apoia e confirma as denúncias dos bispos da Regional Sul 1 contra o Partido dos Trabalhadores (PT) em sua tentativa de legalizar o aborto em nosso país.

Assista o vídeo:

http://padrepauloricardo.org/blog/em-defesa-da-vida/

Sylvio de Alencar. disse...

Vir até aqui conhecer sua opnião sobre os fatos está se tornando uma obrigação e um prazer!, para mim.

Luma Rosa disse...

Não vai aos debates? Que ótimo! O povo quer pão e circo!