Pesquisar neste blog e nos da lista

domingo, junho 13, 2010

Arapongagem e vitimização

Arapongagem

 

Muito mais proveitoso, honesto e de melhor aceitação pelo público eleitor, seria a direção petista confirmar que houve uma meia dúzia de aloprados nos quadros do partido que resolveram montar o já tão decantado e sabido Dossiê Serra do que ficar negando o óbvio repetidamente. Nem mesmo a Velhinha de Taubaté creria na desculpa esfarrapada de Zé Dirceu e Lula que o tal dossiê é invenção e golpe baixo dos adversários.

Me mata mais do que a desonestidade da maioria dos homens públicos a sua idéia de que todos os eleitores são imbecis ou, pior, que podem falar o que bem entendem que a opinião de quem for contra ou não crêem suas bravatas é coisa de somenos, insignificantes manifestações de quem pouco importa para quem governa. Lula e Zé Dirceu são desse tipo. Mentem, desmentem, enganam e pouco se lixam para opiniões adversas. Quando, por um acaso, uma palavra adversária lhes toca, fazem-se de vítima, acusam o opositor de golpista, retrógrado, reacionário, fascista e que tais, jamais dão o braço a torcer ou admitem qualquer culpa. São o suprassumo da honestidade, da retidão de caráter e postura, o mundo é que está errado.

No caso específico do Dossiê Serra, ninguém ligou diretamente o nome do presidente a ele, embora o próprio Lula tenha caído em contradição numa entrevista em que disse que se os repórteres tivessem trinta segundos de leitura do dossiê veriam que era coisinha à toa, ou algo assim. Não vou lembrar direito suas palavras. Pergunta, então, se ele havia lido o dossiê, Lula disse que não, que sequer sabia de sua existência. Nossos jornalistas, despreparados ou pressionados por suas redações, não pressionaram o mentiroso e nem escarafuncharam a fundo essa contradição. Aliás, essa tem sido uma prática preocupante em nossa imprensa, só investiga o raso, só publica os releases enviados pelos assessores de imprensa, se acovarda para não perder a grana gorda dos governos.

Já não bastasse o fato de saírem catando cacos da vida de Serra e, muito pior, de sua filha, os aloprados não se deram por satisfeitos e foram em busca de dados pessoais de outros tucanos, sendo o caso do vice-presidente do PSDB, Eduardo Jorge, o último a chegar à mídia. Se Eduardo Jorge andou fazendo falcatruas, cabe aos dirigentes petistas, ou a qualquer cidadão minimamente responsável, oferecer denúncia ao Ministério Público, mas não é essa a prática petista, que prefere a chantagem, o jogo sujo dos dossiês, das investigações escusas que ele, os vermelhinhos, tanto condenaram no regime militar e no histórico dossiê Lurian que seu antes adversário e hoje amiguinho de berço, Collor, fez contra Lula.

A cada dia mais e mais motivos a esquerda me dá para tornar-me mais direita. Serra ainda é muito esquerda pra meu gosto, mas, nessa polarização, tem a vantagem da prática política mais clara, limpa e honesta.

©Marcos Pontes

3 comentários:

Alexandre - Caçador de iMundos disse...

Meu caro amigo, Maropo, e pior é que as reportagens tavam dizendo que o alto comando teria mandado a arapongagem parar no ato, ou seja, ainda limparam a barra de Dilma Vulcabrás. Mas sabe como é, né? O homem do caixa dois tá envolvido.

O Reinaldo Azevedo vez uma análise uma vez que me fez cair a ficha, algo que tá na cara mas ninguém pensara em escrever: a marginália do PT AINDA tem o poder de qualificar ou desqualificar políticos , fatos e etc.

Hoje mesmo Lulla iMundo disse que a oposição sua de dossiês para atacar o partido iMundo. Putz! Não sei como ele não desceu do palco algemado, pois é o que deveria acontecer com um presidente que mente descaradamente.

Carlos Vendramini disse...

Tenho dificuldade de aceitar, entender, que mesmo diante de recorrentes práticas esdrúxulas do Partido do Terror (PT) este ainda possa existir na vida pública do Brasil. Impressionante como as nossas fortes instituições não funcionam.

Ronald disse...

Pois é Marcos, o que a gente sente é de que entre os petistas existe pessoas de bem e o que é pior é que não entendem que as maracutais dos chefes do partido, acabará um dia respingando neles.

É o exemplo aqui em Foz de um amigo que será candidato a Dep. Estadual. Ele merece meu apoio mas o partido não. E agora???