Pesquisar neste blog e nos da lista

segunda-feira, setembro 07, 2009

E-mail aos senadores

senadores

Os amigos leitores já sabem que costumo enviar e-mail para os senadores, pois acabo de enviar outro. O texto está aí embaixo à disposição de quem quiser copiar e enviar também. estejam à vontade para modificar, acrescentar oi retirar, só não deixem de mandar aos nossos “representantes”. Lá embaixo está a lista com o e-adress de cada um. Sirvam-se e divulguem, por favor. Não podemos ficar calados para não corrermos o risco de sermos os próximos amordaçados.

Excelentíssimos Senadores,

Preocupa o constante cerceamento da liberdade de expressão pregado pela Constituição Federal em seu Artigo 5°.

Não bastassem os exemplos preocupantes que chegam diariamente dos nossos países vizinhos onde veículos de comunicação de massa são fechados numa constância nunca dantes vista e jornalistas e cidadãos comuns são presos e processados por terem exercido o direito natural de manifestarem-se livremente e exporem suas posições político-ideológicas, a prática vem acontecendo silenciosamente no Brasil.

O Judiciário tem dado cobertura aos processos, cassando a palavra, a voz do cidadão comum que quer apenas expressar-se, fazer-se ouvir pelas autoridades. Aos cidadãos de bem que lêem jornais e revistas, que assistem aos telejornais e entendendo as matérias veiculadas não é mais permitido discordar sem o medo de ver-se perseguido. Pior, com a anuência de nossos juízes, aqueles que deveriam defender os direitos do cidadão contra o autoritarismo.

Se vossa excelência é da base governista, deve lembrar-se que foi bandeira de sua geração a luta pela liberdade de expressão; se vossa excelência é da oposição, deve ter percebido que está sendo difícil se fazer ouvir mesmo gritando alto, muito pior quando não se tem a tribuna, as câmaras de televisão e os microfones das rádios. Se a propaganda governista é tão ruidosa eu abafa as vozes de vossas excelência, muito mais duro tem sido para o eleitor comum que ainda tem de combater a censura oficiosa do Judiciário.

Posso citar os exemplos da jornalista Alcinéia Cavalcante, do Amapá (http://www.alcinea.com/), do senhor Chico Bruno (http://www.chicobruno.com.br/), do senhor Correa Neto (http://www.correaneto.com.br/) . Mais gente tem estado na mira dos políticos que desmandam e fazem questão de manter-se sem serem importunados e apelam para a Justiça que tem visto apenas o lado dos mais fortes. Não é à toa que a imagem das instituições públicas e de seus homens e mulheres está desgastada, sem credibilidade. O cidadão já não sente-se representado e quando tenta levantar a voz é amordaçado. Excelências, isso não é democracia, mas uma ditadura disfarçada e nós, eleitores, estamos sendo calados paulatinamente, um após outro, enquanto que o governo aumenta seu alcance de propaganda através de blog, rádio on line e TV on line. Está se apoderando dos meios de comunicação em peso, seja comprando a opinião dos veículos privados através de patrocínio, seja montando sua própria rede de pseudo-informação, seja calando as vozes opositoras.

Fiquemos atentos, excelências. Não deixemos que os exemplos de países vizinhos se repita por aqui. Não pedimos muito, apenas que a Constituição Federal seja respeitada e possamos nos manifestar livremente, sem mordaça, sem autoritarismo. Pode-se calar algumas vozes por algum tempo, mas não todas as vozes para sempre e uma boca amordaçada torna-se símbolo para que todas as demais bocas gritem.

Espero ouvir manifestações de vossas excelências no plenário, nos jornais, rádios, sites e tevês contra esse desmando branco por parte dos políticos e dos juízes coniventes.

Saudações de um brasileiro preocupado.

E-adress de cada um dos senadores:

acmjr@senador.gov.br <acmjr@senador.gov.br>,  adelmir.santana@senador.gov.br <adelmir.santana@senador.gov.br>,  almeida.lima@senador.gov.br <almeida.lima@senador.gov.br>,  alvarodias@senador.gov.br <alvarodias@senador.gov.br>,  antval@senador.gov.br <antval@senador.gov.br>,  arthur.virgilio@senador.gov.br <arthur.virgilio@senador.gov.br>,  augusto.botelho@senador.gov.br <augusto.botelho@senador.gov.br>,  cesarborges@senador.gov.br <cesarborges@senador.gov.br>,  cicero.lucena@senador.gov.br <cicero.lucena@senador.gov.br>,  cristovam@senador.gov.br <cristovam@senador.gov.br>,  crivella@senador.gov.br <crivella@senador.gov.br>,  delcidio.amaral@senador.gov.br <delcidio.amaral@senador.gov.br>,  demostenes.torres@senador.gov.br <demostenes.torres@senador.gov.br>,  ecafeteira@senador.gov.br < ecafeteira@senador.gov.br>,  eduardo.azeredo@senador.gov.br <eduardo.azeredo@senador.gov.br>,  eduardo.suplicy@senador.gov.br <eduardo.suplicy@senador.gov.br>,  efraim.morais@senador.gov.br <efraim.morais@senador.gov.br>,  eliseuresende@senador.gov.br <eliseuresende@senador.gov.br>,  expedito.junior@senador.gov.br <expedito.junior@senador.gov.br>,  fatima.cleide@senadora.gov.br <fatima.cleide@senadora.gov.br>,  fernando.collor@senador.gov.br <fernando.collor@senador.gov.br>,  flavioarns@senador.gov.br <flavioarns@senador.gov.br>,  flexaribeiro@senador.gov.br <flexaribeiro@senador.gov.br>,  francisco.dornelles@senador.gov.br <francisco.dornelles@senador.gov.br>,  garibaldi.alves@senador.gov.br <garibaldi.alves@senador.gov.br>,  gecamata@senador.gov.br <gecamata@senador.gov.br>,  geraldo.mesquita@senador.gov.br <geraldo.mesquita@senador.gov.br>,  gilberto.goellner@senador.gov.br <gilberto.goellner@senador.gov.br>,  gilvamborges@senador.gov.br <gilvamborges@senador.gov.br>,  gim.argello@senador.gov.br <gim.argello@senador.gov.br>,  heraclito.fortes@senador.gov.br <heraclito.fortes@senador.gov.br>,  ideli.salvatti@senadora.gov.br <ideli.salvatti@senadora.gov.br>,  inacioarruda@senador.gov.br <inacioarruda@senador.gov.br>,  j.v.claudino@senador.gov.br <j.v.claudino@senador.gov.br>,  jarbas.vasconcelos@senador.gov.br <jarbas.vasconcelos@senador.gov.br>,  jayme.campos@senador.gov.br <jayme.campos@senador.gov.br>,  jefferson.praia@senador.gov.br <jefferson.praia@senador.gov.br>,  joaodurval@senador.gov.br <joaodurval@senador.gov.br>,  joaopedro@senador.gov.br <joaopedro@senador.gov.br>,  joaoribeiro@senador.gov.br <joaoribeiro@senador.gov.br>,  jose.agripino@senador.gov.br <jose.agripino@senador.gov.br>,  josenery@senador.gov.br <josenery@senador.gov.br>,  jtenorio@senador.gov.br <jtenorio@senador.gov.br>,  katia.abreu@senadora.gov.br <katia.abreu@senadora.gov.br>,  leomar@senador.gov.br <leomar@senador.gov.br>,  lobaofilho@senador.gov.br <lobaofilho@senador.gov.br>,  lucia.vania@senadora.gov.br <lucia.vania@senadora.gov.br>,  magnomalta@senador.gov.br <magnomalta@senador.gov.br>,  maosanta@senador.gov.br <maosanta@senador.gov.br>,  marco.maciel@senador.gov.br <marco.maciel@senador.gov.br>,  marconi.perillo@senador.gov.br <marconi.perillo@senador.gov.br>,  maria.carmo@senadora.gov.br <maria.carmo@senadora.gov.br>,  marinasi@senado.gov.br <marinasi@senado.gov.br>,  mario.couto@senador.gov.br <mario.couto@senador.gov.br>,  marisa.serrano@senadora.gov.br <marisa.serrano@senadora.gov.br>,  mercadante@senador.gov.br <mercadante@senador.gov.br>,  mozarildo@senador.gov.br <mozarildo@senador.gov.br>,  neutodeconto@senador.gov.br <neutodeconto@senador.gov.br>,  osmardias@senador.gov.br <osmardias@senador.gov.br>,  papaleo@senador.gov.br <papaleo@senador.gov.br>,  patricia@senadora.gov.br <patricia@senadora.gov.br>,  paulo.duque@senador.gov.br <paulo.duque@senador.gov.br>,  paulopaim@senador.gov.br <paulopaim@senador.gov.br>,  raimundocolombo@senador.gov.br <raimundocolombo@senador.gov.br>,  renan.calheiros@senador.gov.br <renan.calheiros@senador.gov.br>,  renatoc@senador.gov.br <renatoc@senador.gov.br>,  robertocavalcanti@senador.gov.br <robertocavalcanti@senador.gov.br>,  romero.juca@senador.gov.br <romero.juca@senador.gov.br>,  romeu.tuma@senador.gov.br <romeu.tuma@senador.gov.br>,  rosalba.ciarlini@senadora.gov.br <rosalba.ciarlini@senadora.gov.br>,  sarney@senador.gov.br <sarney@senador.gov.br>,  sergio.guerra@senador.gov.br <sergio.guerra@senador.gov.br>,  serys@senadora.gov.br <serys@senadora.gov.br>,  simon@senador.gov.br <simon@senador.gov.br>,  tasso.jereissati@senador.gov.br <tasso.jereissati@senador.gov.br>,  tiao.viana@senador.gov.br <tiao.viana@senador.gov.br>,  valdir.raupp@senador.gov.br <valdir.raupp@senador.gov.br>,  valterpereira@senador.gov.br <valterpereira@senador.gov.br>,  webmaster.secs@senado.gov.br <webmaster.secs@senado.gov.br>,  wellington.salgado@senador.gov.br <wellington.salgado@senador.gov.br>,  zambiasi@senador.gov.br <zambiasi@senador.gov.br>

©Marcos Pontes

7 comentários:

"Olhos de Folha Minha" disse...

Bertolt Brecht“Hay hombres que luchan un día y son buenos; hay otros que luchan un año y son mejores; hay otros que luchan muchos años y son muy buenos. Pero están los que luchan toda la vida y esos son imprescindible.”

Bravo Marcos Pontes. Já Passei...

Cristiano Melo disse...

Exemplos temos vários, aqui em Brasília, a mordaça branca "derruba" quem divulga matéria sobre verdades, quem é servidor é realocado, quem não é, é demitido, se isso não é cerceamento eu realmente não sei o que é. Ditadura silenciosa é isso? Mandemos mesmo. Já vou colar agora mesmo.
abraços

Cachorro Louco disse...

Marcão : Naõ sei se isso funciona ,mas é melhor mandar para não perder a chance de cutucar.Abraços

Saramar disse...

Opa!
Era justamente o que eu estava querendo saber: quem são as excelências que irão precisar de voto no próximo ano, justamente para fazer uma campanha contra o voto para estes indivíduos.

Sua carta é perfeita. É uma pena que eles não tenham um mínimo de vergonha e provavelmente nem se preocupem com o que falamos, mas temos que incomodá-los sim.

beijos, boa semana.

Ronaldo disse...

Se posso sugerir, sugiro que mande cópias para a OAB, CNJ, MPF e Tribunais. É imporetante que o Judiciário e o Ministério Público, bem como a OAB, tenham conhecimento de que há vozes clamando por liberdade e justiça nesta nação "democrática"

Camille disse...

Muitolegal essa sua atitude de escrever, exercer a cidadania. Um pega e le, e a coisa anda. Acredito que com esse tipo de participação o Brasil tenha mais esperança de ir pra frente do que ficarmos todos de braços cruzados reclamando em casa, no ouvido da patroa, so né?
Parabens.
Beijos,
Cam

Lord disse...

Injustiça!
Este blog foi fechado pelo wordpress a mando da poderosa Petrobrás, visitem os restos mortais
http://petrobrasdadosefatos.wordpress.com/
Hoje foi ele amanhã seremos nós!