Pesquisar neste blog e nos da lista

sexta-feira, setembro 18, 2009

Sexta

jb

 

  • Toda véspera de eleição, há anos, se fala em reforma político-eleitoral e nada muda. No senado até surgiram coisas novas, como a permissão do uso da internet para campanha. Mas aí vem a Câmara e anda pra trás. Uma martelada no prego, outra no dedo. Muda tudo pra ficar a mesma coisa.

 

  • Mantiveram a autorização de doações de campanha não declaradas e voltaram os bingos, duas ferramentas essenciais para o caixa 2. Legislam em causa própria desde que aqui aportou a família real montando seu parlamento.

CHARGE DO JUNI√O

  • Marco Maciel tinha assessor preso recebendo salário e o irmão deste solto, recebendo pelos dois. Por outro lado, vários parlamentares que deveriam estar presos, inclusive Galheiros, autor da denúncia pela metade, se eternizam em liberdade e impunidade.

 

  • Quando o PSDB aprenderá que a lenga-lenga de seus pré-candidatos não é saudável? Desgasta a imagem deles e o partido eterniza a pecha de indeciso. Além de fornecer munição aos adversários e afugentar os possíveis coligados. A cada quatro anos a mesma novela.

 

  • Há três meses o Ilusionista ainda tentava emplacar o etanol no resto do mundo. Estava dando muito trabalho e não colava. Trabalho não é para sindicalistas, mais fácil apelar para outra propaganda. Assim foi, por exemplo, com o Fome Zero. Como não colou, depois de arrebanhar muita grana e simpatia mundo a fora, partiu-se para outra mentira e as mentiras se sucederam. Alguém teve e abrilhante idéia de divulgar o pré-sal, já descoberto há décadas, mas esquecido e um prato cheio a ser capitalizado pelos petistas. Para engrossar o caldo, é divulgada pesquisa que comprova que o álcool polui tanto quanto o petróleo, a disposição do governo liberar carros a diesel, coisa proibida também há décadas e o etano, foi jogado para escanteio. Para completar, baixa-se uma portaria proibindo o plantio de cana para álcool na Amazônia, cortando uma possibilidade de desenvolvimento regional. antes de estudos sérios e profundos, mais fácil proibir. É a velha política do “vamos fazer, depois a gente estuda”.

 

  • Preparando um e-mail para os deputados. Breve postado por aqui.

©Marcos Pontes

8 comentários:

tony disse...

como o jogo tem funcionado assim e os Homers Simpons continuarão a bater palminha e dar o votinho, segue o baile. Diz-se que muda pra fazer a média de sempre. Quanto "á politica na internet", torço para que a blogsfera comporte-se com inteligencia, e não se radicalize em prol da politicagem; que saiba discutir política sem entrar em algumas armadilhas que o jogo proporciona... a começar pelo radicalismo. O PSDB conseguiu provar, nos ultimos anos, que a natureza da oposição é ser burra, mais que a unanimidade.

Tou aqui imaginando o que eles vão fazer para barrar os carros elétricos, estes sim, que vão dar o verdadeiro olé na Petrobrás e em todos os interesses obscuros da exploração de energia...

Neto disse...

E ninguem pode dizer que o ilusionista não é inteligente não é verdade?... ao menos, ele sabe usar o marketing.

E a próxima seara de ilusão para o povo tem um nome: o etanol :)

Mas, sinceramente, com uma oposição como essa tudo vira um prato suculento para degustar rs

Bea - Compulsão Diária disse...

Meu bem ,
parabéns pela força e persistência.
Eu vou e volto. Canso de tudo. Depois volto a sentir interesse. Vc é mais forte. Eu ando com nojo, sem o menor ânimo pra pensar nesses covardes. Eles são tão fracos. Nós aqui fora do congresso somos heróis: trabalhamos, pagamos tudo que devemos e sobrevivemos e eles? Como é que podem nos representar?

Cachorro Louco disse...

Marcão : Esse negócio de eleição não faz a menor diferença .O Ogro-de-Nove-Dedos já está deixando perceber aquilo que estou falando desde o começo do ano .A Wanda/Estela/Dilma já está eleita .A eleição vai ser mais fraudulenta que a do Bush.
Abraços

Saramar disse...

Marcos, gostei de ver a charge do meu conterrâneo, Jorge Braga, abrindo o post.

Sobre a reforma eleitoral, a charge já diz tudo. É mais do mesmo, ou menos do que não era, sei lá. Acredito que tal reforma jamais será efetivada, a não ser que o parlamento brasileiro for exterminado por algum virus presente em notas de dinheiro.
Aliás, a única reforma de verdade, em relação á eleição é justamente a liberação dos bingos, não acha?

O pré-sal foi uma jogada de mestre para quem, não tendo programa político ou governamental, precisa se valer de factóides, como diria o Cesar Maia.
Ô país!

beijos.

Fábio Mayer disse...

A última "reforma" que trouxe alguma coisa boa, foi aquela que extinguiu os showmicios e proibiu a colagem de cartazes e banners em equipamentos públicos.

Fora isso, só demagogia.

Blog de um Brasileiro disse...

O QUE MAIS ANGUSTIA É QUE SABEMOS O CERTO, SABEMOS QUE TODO ANO É A MESMA COISA, NADA MUDA E FICAMOS COM CARA DE JEGUE.
O PIOR É QUE FALAMOS MAIS NOSSO VERBO NÃO CHEGA ÀS PESSOAS QUE VOTAM. ELES CONTINUAM ELEGENDO CRÁPULAS, ETC, ETC

QUE ANGÚSTIA, MEU DEUS

Laura Fuentes disse...

Concordo com a Bea, é admirável sua força e persistência. E inadmissível tanto cinismo dos caras.