Pesquisar neste blog e nos da lista

sábado, maio 09, 2009

Jackobsen, A Charge On Line

  • Mais um confronto com mortes entre seguranças de uma fazenda de Daniel Dantas e terroristas do MST. Os líderes usam gente sem o mínimo de escolaridade para conseguir seu intento de mídia. Dantas é um grande bandido, as terras estão em litígio por terem sido, muito provavelmente, griladas da União e o MST é um partido extra-oficial, terrorista oficial e mantido oficialmente com dinheiro público, enfim, ninguém é mocinho nessa história e o maior vilão é o poder público que não faz reforma agrária, não usa as leis com seriedade contra os grileiros e contra os terroristas rurais, que banca a farra dos sem-terra profissionais como se fossem todos trabalhadores injustiçados.

  • Só se fala na gripe A, ou suína, mas em vários municípios nacionais não têm vacina anti-gripe para os idosos. Nisso a mídia não fala, o legal é estar na moda e a moda é ajudar as ações de determinada multinacional farmacêutica darem uma elevada violenta, como acontece há duas semanas. Não se fala também das mais de 1800 pessoas, segundo a OMS, que morreram de gripe comum em 2009 ao redor do globo.

  • Há algumas semanas um amigo veio passar uns dias na Bahia e, num passeio pelo Arraial d'Ajuda, viu-se vítima de traficantes de drogas, foi feito refém, extorquido e mantido em cárcere privado. De volta à sua cidade apresentou denúncia à polícia. Se os fatos têm relação ou não, não sei, mas o fato é que os jornais locais não deixam de divulgar assassinatos de traficantes, algumas das vítimas de hoje foram algozes desse amigo. O fato é que Arraial, como toda Porto Seguro, prefere manter as aparências de paraíso do que enfrentar de frente o problema da violência crescente, efeito colateral do tráfico e consumo de drogas. A Beatriz fez um post magnífico cujo foco é a luta de pais de adictos de drogas e coloca Trancoso como parte do cenário retratado. Vale muito a leitura e a opinião.

  • O Junior, do Escalfobético, tem questionado por que o Brasil não se envolve na ajuda às vítimas de enchentes no Nordeste com o mesmo afinco com que se dedicou a ajudar os catarinenses no ano passado. Taí, eu também gostaria de saber. E mais: por que a mídia não faz campanha com a mesma intensidade com que fez quando da tragédia catarinense?

  • Costumo dizer que não existe independência entre os três poderes da república, o que é fato. O que existe é interdependência em que um lava as mãos do outro, um chantagia o outro, um negocia com o outro e os três têm seus interesses atendidos, com uma ou outra desavença, vez por outra, para fazerem média com a imprensa e o cidadão comum. Gilma Mendes, Lula e Michel Temer firmaram, mais uma vez um tal "pacto republicano" que, em palavras mais claras significa "eu não te perturbo e você não me enche o saco". Legislativo, Judiciário e Executivo num pacto de não agressão para que todos continuem com seus balcões de negócios abertos e ativos. Mas o Judiciário, uma caixa preta inviolável, ter suas reuniões anuais bancadas pela iniciativa privada é, no mínimo, antiético e suspeito.

  • E o que falar dos onze senadores que usaram suas cotas de passagens mesmo depois de perderem o mandato? Como esperar que o país dê certo se quem deveria zelar por ele não resiste a qualquer tentação de se corromper?

©Marcos Pontes
MyFreeCopyright.com Registered & Protected

8 comentários:

Compulsão Diária disse...

O fecho do post dá o tom. A delinqüência, o crime são irresistíveis. Depois que alguns atravessam a faixa não conseguem mais voltar.
Não resistiram e não resistirão.
Excelente post. E muito obrigada por indicar o meu manifesto, por ser uma causa que defendo com todo o fervor. Muito obrigada por tudo

WORF NETO disse...

Beleza Marcos! Com relação ao tópico sobre o tráfico, digo que enquanto não promulgarem uma lei que puna com rigor o usuário, afinal de contas ele é quêm sustenta o comércio ilegal, não teremos efeito algum. Vai me dizer que o usuário não sabe que comprar drogas e tráficá-las é crime previsto no código penal?
Um forte abraço!

WORF NETO disse...

É Marcos. além do Jaguar inclua o Carlos Heitor Cony! Um forte abraço!

Carlos Emerson Jr disse...

Imagina... esse tipo de violência já chegando em uma cidade tão pequena como Porto Seguro... estamos perdidos!!!
Mas com os "edificantes" exemplos que tem vindo de "cima" (não é de Deus, não... e sim dos 3 Poderes), queríamos o quê ? Um bando de freiras ? Se o próprio presidente já afirmou que a coisa aqui não é para freiras...
Fica difícil continuar acreditando nesse país...
Um abração e boa semana.

Márcia(clarinha) disse...

Não há microlugar nesse mundo que esteja livre das drogas e seus maledetos traficantes,que triste.
Será a falta de cuidado com o Nordeste e seus sem teto uma questão de preconceito, sabe como é...terceiro mundo eteceteraetal.
Sobre a politicagem safada, sem comentários.
beijos de lindos dias

Fábio Mayer disse...

Lugares onde há turistas são especialmente atraentes para o tráfico de drogas... não me surpreende em nada.

Sobre a ajuda ao norte/nordeste, eu penso que os blogueiros de lá estão se mobilizando como nós, mais ao sul, nos mobilizamos... e que eu saiba, as autoridades foram muito mais rápidas ao agir lá...

Compulsão Diária disse...

Worf, voltei e vi seu comentário e não posso deixar de concordar.

A vitimização do usuário não é o caminho.;

Pergunte a quaquer mebro de Narcóticos Anônimos e eles dirão o mesmo que vc.

Anônimo disse...

Por partes:
o terotismo MST conta com o apoio dos intelectoides que se autoproclamam senhores e senhoras da verdade absoluta porque são genios academicos... Nada mais que manipulados, mentes fechadas em relação ao que a população realmente precisa: senso crítico;
a propaganda sobre a gripe A é outra manipulação... no auge da confusão das passagens particulares com dinheiro público, e o mentor-mor (morde aqui vê se sai leite) ainda foi à mídia dizer: Que crime um pobre deputado federal que ganha milhares de reais por mês comete ao dar uma passagem pra sua esposa? O crime é prevaricação, no mínimo, ou seja: uso da coisa pública para fins pessoais. Sou servidor público e quando viajo a serviço recebo 600 reais para pagar hospedagem e comida... será que o governo me pagaria mais para eu levar minha mulher ou filhas?
O N e NE estão sob águas, não tanto quanto o país na merda, mas como ajudar os daqui como os de Sta Catarina? afinal há 8 vezes mais desabrigados, famintos, doentes que houve por lá... sai muito caro salvar pobre... que morram (deve pensar o que saiu do flagelo da seca pernambucana para a piscina da Granja do Torto)
Beijos, mano
Em ti e na minha cunhada